Mais informaç~ºao Voltar á página Inícial

 

Mértola com Gosto: estratégia integrada de valorização dos produtos e processos de produção de base local
Título: Mértola Com Gosto
Tema: Desenvolvimento local; Alimentação; Circuitos Curtos

Promotor:
Câmara Municipal de Mértola
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Local: Mértola; Região do Alentejo
Fundo: FEADER
Programa: PDR2020
Medida / Ação:
10. Leader / 10.2. Implementação das estratégias
  /  
  /  
Custo total: 49,753.00 € Financiamento comunitário: 21,145.00 €
Financiamento Nacional: 3,731.00 € Financiamento privado:24,876.00 €
Síntese
linha de separação

Mértola com Gosto é uma estratégia integrada de valorização dos produtos e processos de produção de base local e de capacitação da comunidade para a implementação progressiva de um sistema agroalimentar de base local. 
Partindo de um contexto alimentar que desvaloriza os hábitos alimentares tradicionais, pretende-se resgatar a identidade agroalimentar do território como um dos pilares para a concretização de um modelo de desenvolvimento de base sustentável que compreende modos de vida mais saudáveis, mais ecológicos e mais ativamente implicados na viabilidade da economia local. 
O projeto pressupõe ainda uma forte componente de transferência de conhecimentos intergeracionais.  

Enquadramento
linha de separação
 
Mértola é um Município do interior do Alentejo com 1279km2 de área e uma densidade populacional de 5 hab/Km2. Cerca de 35% da sua população tem mais de 65 anos. Estamos perante um concelho envelhecido e com uma estrutura produtiva e económica particularmente débil e dependente do exterior. A situação demográfica, a par da situação económica e da falta de oportunidades resulta num sentido coletivo de desvalorização efetiva do potencial económico, nutritivo, cultural e identitário dos produtos locais e da sua parca inclusão nos hábitos alimentares locais. Nas cantinas coletivas, restaurantes e alojamentos locais a presença de produtos locais é pouco expressiva. Nas lojas, supermercados e mercado o cenário repete-se. Os produtores locais têm uma produção em pequena escala e grande dificuldade em posicionar-se quer no mercado local quer no externo. Surge localmente um movimento de novos consumidores mais exigentes, social e ecologicamente mais conscientes que procuram resposta em termos de alimentação cada vez mais diferenciadas e muito vocacionadas para a integração de produtos locais, sazonais e biológicos. 
Objetivos
linha de separação

Promover uma economia de proximidade que valorize os produtos locais, contribua para o escoamento da produção, fortaleça a economia local, garanta a retenção do valor acrescentado no território e promova o seu desenvolvimento sustentável;

Sensibilizar e capacitar os consumidores locais para o consumo consciente, informado, socialmente e ecologicamente responsável de produtos locais;

Dinamizar uma economia alimentar de base local, biológica, sazonal e mediterrânica nas suas diferentes fases (produção, transformação, distribuição e consumo);

Proporcionar a transferência de conhecimentos intergeracional entendendo a população sénior como detentora de saberes fundamentais na área da produção, coleta e confeção de alimentos de base tradicional. 
Descrição
linha de separação

À NOITE NO MERCADO
Ações de sensibilização da comunidade local para a necessidade de comer produtos locais, de época e de produção biológica. Realizam-se à noite nos Mercados de Mértola e Mina de S. Domingos. 
Desde outubro de 2017 até à data já se realizaram 6 sessões: 4 no Mercado Municipal de Mértola e 2 no Mercado da Mina de S. Domingos. Estas sessões incluem sempre um momento de conversa/palestra sobre uma temática relacionada com alimentação e produtos locais e, depois um momento de convívio e partilha de uma sopa e outros alimentos locais e de época. As sessões realizadas até ao momento tiveram os seguintes temas: “Comer Local” (Lançamento da Campanha internacional do Movimento Slow Food); “Remédios e Mezinhas com Plantas Medicinais Locais”; “Desafio Menu Partilhado” (A confeção comentada de 5 pratos locais); “Doçaria Tradicional de Natal”; “Os Super Alimentos Locais”; “O que se comia na Mina”. 

MÉRTOLA COM GOSTO | MERCADO DE RUA DE PRODUTOS LOCAIS
Periodicidade Trimestral: Mercado de Inverno | Mercado de Primavera | Mercado de Verão | Mercado de Outono; Mercados Temáticos. 
Desde outubro de 2017 até à data foram realizados 3 mercados de rua: Mercado Natural.PT; Mercadinho de Natal; Mercado Rural do Século XIX (este último realizado com o Agrupamento de Escolas de Mértola).
Workshops de capacitação da comunidade local para o consumo de produtos locais, a saber:
Workshops COZINHAR COM … Workshops para a comunidade local e restauração;
CONVERSAS COM VINHO | Sessões sensibilização e capacitação para o consumo de vinho local
DE MANHÃ SE COMEÇA O DIA! | Como Preparar e Comunicar um Pequeno-almoço com Produtos Locais | Ação de Capacitação dos alojamentos locais turísticos para a integração de produtos locais no serviço de pequeno-almoço.
Workshops DA HORTA PARA A COZINHA | Workshop de capacitação para o consumo de produtos sazonais.
Workshop COZINHAR COM SOBRAS | Workshop de combate ao desperdício alimentar.
Workshop OS PRODUTOS LOCAIS E A DIETA MEDITERRÂNICA | Educação para a introdução dos princípios da dieta mediterrânica na alimentação diária. Contributo dos produtos locais.  

MÉRTOLA COM GOSTO | A ORIGEM DOS ALIMENTOS 
Ação de recolha etnográfica da gastronomia local: do receituário, ao léxico, aos modos de produção e coleta de alimentos, dos utensílios aos rituais e festividades. Esta recolha é feita a partir dos núcleos da Universidade Sénior do concelho de Mértola para identificar pessoas-chave na comunidade que detenham saberes e saberes-fazer nos domínios da produção agrícola, agroalimentar e culinária de base tradicional. Para além da vertente de recolha (texto, foto e vídeo) esta iniciativa prevê na continuidade, a evolução para um projeto educativo de base intergeracional onde estes conhecimentos serão transmitidos em contexto escolar às gerações mais jovens. Até ao momento foram já realizadas 3 sessões de dinâmica exploratória junto de 3 dos Polos da Universidade Sénior do concelho de Mértola; uma ação prática de transferência de conhecimentos às gerações mais novas incidente sobre a prática da apanha e confeção de espargos silvestres e 2 recolhas etnográficas com registo texto, foto e vídeo: uma sobre a apanha de espargos silvestres e outra sobre a confeção tradicional de folares da Páscoa. 
Criação de suportes inform
Resultados
linha de separação

O projeto ainda está numa fase muito inicial, mas observa-se já uma significativa mobilização e sensibilização das pessoas para a necessidade de incorporar nos seus hábitos de consumo alimentar os produtos locais e a tradição gastronómica deste lugar. A adesão ao projeto faz-se sentir nos níveis de participação nas iniciativas já desenvolvidas, nomeadamente, a iniciativa À NOITE NO MERCADO e na implicação ativa dos atores locais (coletividades, associação de empresários) na organização das diferentes atividades já realizadas.    

Ao nível dos mercados, foram já dinamizados 2 com produtores e 1 com a comunidade escolar. No campo dos produtores é necessário continuar o esforço de sensibilização para a necessidade de se organizarem e de criarem escala no conjunto por forma a darem resposta a uma procura de produtos que será crescente. 


Outra informação
linha de separação

Lições Aprendidas:
Torna-se necessário desenvolver sempre a estratégia em parceria com os atores locais e a comunidade.
Não ter abordagens demasiado complexas, desenvolver atividades simples, apelativas e com uma linguagem acessível.
Aproveitar dinâmicas sociais e espaços de sociabilidade já fidelizados introduzindo nesses momentos ou espaços as temáticas a abordar. 
Ter uma abordagem de capacitação progressiva dos vários agentes no território para a temática da alimentação local, das cadeias curtas, dos mercados locais. Não há adesão nem participação se as pessoas não estiverem capacitadas para decifrar a mensagem de fundo. 
Prever, sobretudo em territórios de baixa densidade e territórios envelhecidos uma perspetiva de trabalho intergeracional.
Contacto
linha de separação
Nome: Rosinda Pimenta
Morada:  
Telefone: + 351 286 610 100 E-mail: rosindapimenta@cm-mertola.pt Website: www.cm-mertola.pt
Documentos e vídeos:  
Data da informação: 16-01-2019