Mais informaç~ºao Voltar á página Inícial

 

Cogumelos Shiitake
Título: Cogumelos Shiitake
Tema: Jovens agricultores; Cogumelos;  

Promotor:
Agro-Cachola
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Local: Montijo; LVT;  
Fundo: FEADER
Programa: PRODER
Medida / Ação:
1.1 Inovação e Desenvolvimento empresarial / 1.1.3 Instalação de Jovens Agricultores
  /  
  /  
Custo total: 102,013.00 € Financiamento comunitário: 25,503.00 €
Financiamento Nacional: 0.00 € Financiamento privado:51,006.00 €
Síntese
linha de separação

A Agro-Cachola, sediada no concelho do Montijo, dedica-se à produção de cogumelos Shiitake em troncos de eucalipto numa estufa com uma área de 1500 m2, com o pavimento revestido com tela de solo, um sistema de micro aspersão, câmara de frio, eletrificação interna, inoculo Shiitake, toros de madeira de eucalipto, entre outros.

Enquadramento
linha de separação

A Agro-Cachola é uma empresa Portuguesa e tem a sua unidade de produção na freguesia do Alto Estanqueiro. Foi criada em junho de 2013, com o principal objetivo de se dedicar à produção de cogumelos e à produção agrícola em geral, bem como a atividades silvícolas.

Atualmente está inteiramente dedicada à produção de cogumelos em troncos de eucalipto, da espécie Shiitake, um cogumelo de grande interesse gastronómico, rico em vitaminas, proteínas, enzimas e hidratos de carbono complexos. Tem uma grande capacidade de produção e as condições necessárias para o bom acondicionamento e embalamento do seu produto. A Agro-Cachola é certificada para produção Biológica, e tem como missão a produção de alimentos de elevada qualidade, sem para isso recorrer a produtos químicos ou outros que perturbem a natureza.

Objetivos
linha de separação
Com a instalação de jovem agricultor, a orientação produtiva desta exploração passou pela produção de cogumelos Shiitake em troncos de eucalipto numa área de 1500 m2 de estufa. O consumo do cogumelo Shiitake em Portugal, surge num determinado segmento de mercado, derivado às características, este produto é procurado por um público com maior poder de compra e com maior preocupação com a saúde e o bem-estar. A produção de cogumelos Shiitake tem despertado grande interesse por representar uma nova opção económica, cujo investimento não requer grandes gastos e o resultado tem-se mostrado bastante lucrativo a médio prazo, por outro lado, a intenção de criar parcerias com outros dois promotores vizinhos irá permitir criar sinergias de produção, obtendo melhores resultados, partilhando recursos e experiencias e concentrando a produção de forma a conseguir melhores condições de negociação com clientes.
 
Descrição
linha de separação
O promotor iniciou a produção de cogumelos Shiitake em troncos de eucalipto, por ser a madeira mais acessível, quer em termos de disponibilidade na região, quer em termos de preço de mercado. São certificados para produção Biológica, tendo como missão a produção de alimentos de elevada qualidade, sem para isso recorrer a produtos químicos ou outros que perturbem a natureza. Produção de cerca de 2.000 troncos semanalmente, com um intervalo de 10 semanas, o que totaliza cerca de 20.000 troncos por ano, capazes de gerar produção média anual aproximada de 9360kg de cogumelos, em velocidade cruzeiro.
Resultados
linha de separação
A realização deste projeto visou contribuir nomeadamente para a renovação do tecido empresarial do setor agrícola, bem como o aproveitamento das condições edáfo-climáticas da região e de toda a dinâmica que se está a desenvolver em torno da produção de cogumelos Shiitake.
O projeto inicial também resultou num redimensionamento do mesmo e em parceria com mais 2 jovens, preveem aumentar em mais 100 toneladas de madeira de eucalipto o efetivo de produção, bem como introduzir novos processos de cultivo, em 1/3 da nave (500 m2), baseado na utilização de blocos de substrato que permitirão acrescentar mais 21 toneladas de produção anual de cogumelos à capacidade atual da empresa e redimensionar a capacidade de comercialização das 24 toneladas ano para quase 50 toneladas no mesmo período, investindo também em energias renovais e sistemas de controlo de fatores de produção, para assim conseguir produzir consumindo o mínimo de recursos naturais possível.
Outra informação
linha de separação


Oportunidades:
As ações estratégicas a implementar (aumentar a quantidade de toros de madeira de eucalipto em 100 toneladas e introduzir novos processos de cultivo) irão permitir incrementar a capacidade de resposta da empresa, de 24 toneladas ano, para cerca de 50 toneladas em igual período, tornando a Agro-Cachola uma das principais empresas portugueses de cultivo e comercialização de cogumelos. 
Há ainda a referir que, para além de uma maior capacidade de resposta, as ações estratégicas previstas irão ter impacto a outros níveis na atividade da empresa: 
- Melhoria substancial dos equipamentos essenciais no processo de cultivo, nomeadamente os sistemas de controlo de fatores de produção e de controlo de riscos como intempéries, pragas e contaminações, o que irá incrementar também, a qualidade dos cogumelos e favorecer as condições necessárias para a obtenção de certificação GLOBAL GAP, exigida, por exemplo, pelos clientes do setor da grande distribuição, abrindo as portas à empresa para um mercado potencial de dimensões ilimitadas;
- Diminuição do risco do negócio, uma vez que irá permitir, como referido no ponto anterior, uma diversificação dos mercados servidos, diminuindo a potencial dependência face a alguns clientes estratégicos. 

 
Dificuldades que sentiram na implementação do projeto:
Ações para evitar o aparecimento de pragas e doenças:
- Manter o teor de humidade nos parâmetros corretos em cada fase;
- Fornecer ventilação e drenagem correta da água;
- Evitar sempre a luz direta;
- Inocular os troncos no tempo correto;
- Eliminar sempre do sistema fontes de contaminação, como folhas mortas, restos de cogumelos, etc.
- Para prevenir o aparecimento de insetos devem usar-se armadilhas de luz e armadilhas com sumos de frutas.

Candidataram-se a um GO em parceria (Otimização das técnicas de produção para espécies de cogumelos com interesse medicinal/nutricional e seleção de isolados).
Contacto
linha de separação
Nome: Rui Marques
Morada: Rua Camilo Castelo Branco, n.º12 - 2.ºEsq, Montijo
Telefone:   E-mail:   Website: http://www.agro-cachola.pt/
Documentos e vídeos:  
Data da informação: 07-11-2018